Destaques
Pilates: aliado para uma vida saudável

Pilates: aliado para uma vida saudável

Número de praticantes não para de crescer entre todos os sexos e idades

Nos últimos anos os instrutores de Pilates viram aumentar o número de interessados pela modalidade. Prova disso é que no Brasil existem hoje cerca de 60 mil estúdios em plena atividade. Cercado de alguns estereótipos como ser prática exclusivamente feminina ou ainda direcionada apenas para quem tem problemas de saúde, como, por exemplo, na coluna, o instrutor Lucas Luiz Marsolik, da Academia Olímpica, ajuda a desvendar esses mitos e mostrar porque a prática tem se tornado tão procurada.

“A técnica de reeducação do movimento é composta por exercícios profundamente alicerçados na anatomia humana, capaz de restabelecer e aumentar a flexibilidade e força muscular, melhorar a respiração, corrigir a postura e prevenir lesões”, explica Lucas.

Engana-se quem pensa que a atividade é mais leve que a musculação e que, por conta disso, traria menos resultados físicos. “Alguns alunos brincam que treinam no Pilates e relaxam na musculação tão firme é a aula. O grande objetivo é atingir um corpo forte e alinhado. Estabilizar a zona core é o ponto crucial do Pilates. Isso significa criar um círculo de músculos em volta do centro do corpo, porque estes músculos são fundamentais para a saúde de todo o corpo. Por isso trabalhamos para fortalecer estes músculos, protegendo a coluna e ao mesmo tempo permitir uma liberdade de movimentos e habilidade de controlar a parte superior e inferior do corpo”, detalha.

Muitos ainda enxergam o Pilates como uma prática feminina e este é o primeiro mito que Lucas faz questão de derrubar. “Apesar das mulheres adorarem a atividade, o Pilates é direcionado a todas as pessoas. Inclusive homens e jovens. O Pilates ajuda a definir a musculatura do corpo, portanto todos podem encontrar neste método um aliado”, comenta.

Já sobre ser uma atividade voltada a idosos ou pessoas que já possuem alguma lesão Lucas é categórico ao afirmar que o Pilates realmente tem papel importante para esses públicos, inclusive gestantes, porque é uma atividade de pouco impacto, com poucas repetições e os movimentos são executados com qualidade em vez de quantidade, o gera resultados eficazes porque dessa maneira os músculos e articulações sofrem menos desgastes. “Mas o método também é buscado por pessoas que apenas desejam uma vida saudável. Mesmo sem lesões ou restrições a prática constante do Pilates é uma aliada de todos”, defende.

O instrutor explica que quem pratica o Pilates melhora sua postura, a coordenação, ganhar amplitude de movimentos e ter maior tonicidade muscular. Lucas usa a frase do criador da técnica, Joseph Pilates, para resumir os benefícios do método. “Com 10 sessões você perceberá a diferença, com 20 sessões os outros irão perceber a diferença e com 30 sessões você terá um novo corpo”, finaliza.

Surgimento

O método pilates foi criado pelo alemão Joseph H. Pilates (1883-1967). Joseph sofria de raquitismo, asma e febre reumática, e durante a sua adolescência – prevendo um futuro em uma cadeira de rodas – começou a estudar como autodidata, anatomia, fisiologia humana e fundamentos da medicina oriental. Com isso desenvolveu exercícios em aparelhos rústicos criados por ele. Em 1923 foi criado o primeiro estúdio de Pilates em Nova Iorque, porém seu trabalho só teve repercussão a partir dos anos 40.

SERVIÇO
Academia Olímpica
Rua Vereador Antônio Carnascialli, 1260. Boqueirão. (41) 3278-6806
www.academiaolimpica.esp.br