Destaques
A prática esportiva que está revolucionando a relação com a atividade física
Modalidade que invadiu Curitiba ganha espaço e adeptos no Hauer.

A prática esportiva que está revolucionando a relação com a atividade física

A moda do Crossfit invade o Hauer e ganha adeptos

Wod, box, time cap, AMRAP. Se você não está entendendo sobre o que estamos falando, calma. Essas são apenas algumas das palavras utilizadas na língua do esporte que caiu na graça dos curitibanos: o Crossfit.

Com a promessa de apresentar resultados mais rápidos que as demais modalidades devido ao alto gasto calórico obtido nos treinos, o Crossfit invadiu Curitiba. São dezenas de espaços espalhados pela capital paranaense nos últimos anos. Para CEO é Raquel Schlischting, da Mangata Crossfit, o dinamismo das aulas também ajuda o praticante a se tornar um apaixonado pela prática. “Somado a esta quebra de rotina, a modalidade promove o aumento da força física, melhora da flexibilidade e trabalha os sistemas respiratório e cardiovascular”, completa.

Outra vantagem da modalidade é que ela pode ser praticada por qualquer pessoa. “O Crossfit é para todos, pois todos os movimentos podem ser adaptados de acordo com o condicionamento físico do praticante”, explica.
Raquel destaca que o treinamento é bastante diferente de uma academia tradicional pelos tipos de movimentos realizados. “Nós não usamos movimentos isolados para músculos específicos, nossos movimentos são para o corpo inteiro. Nós não temos o mesmo protocolo de treinos da musculação, nosso treino muda a cada dia”, reforça.

Por se tratar de atividades bastante intensas e pesadas, o Crossfit não deve ser praticado todos os dias, pois o corpo exige pelo menos um dia de descanso, dependendo das práticas realizadas no dia anterior.

O Crossfit tem uma característica de atividades intensas, por isso é recomendado para aqueles que gostam e procuram por atividades físicas bem dinâmicas e pesadas. Por isso a recomendação é sempre procurar um médico antes de iniciar os treinos para realizar um check-up e saber se seu organismo pode e aguenta esse ritmo de atividades.

Das forças armadas para as academias

O Crossfit foi desenvolvido pelo treinador Greg Glassman, na década de 80, nos Estados Unidos. Logo as forças armadas americanas implantaram o método para melhorar o condicionamento físico dos militares. Mas foi nos anos 2000, quando Glassman começou a postar seus treinos na internet, que o Crossfit começou a se popularizar entre as pessoas comuns. De lá para cá a atividade virou uma febre e o número de praticantes não para de subir.

Crossfit no Hauer

O bairro acaba de ganhar um espaço destinado à prática do esporte. Inaugurada no final de outubro, a Mangata Crossfit escolheu a região justamente pela carência de um espaço como este para os adeptos da modalidade. “Durante uma conversa notamos o potencial do bairro para receber um local como o nosso. Os moradores mereciam um box pertinho de casa, com uma estrutura completa para oferecer o melhor da modalidade”, destaca Raquel.

A expectativa dos sócios é grande não só pelo empreendimento, mas pelo envolvimento crescente das pessoas com o Crossfit. “É visível que o número de adeptos está crescendo mundo afora. Hoje existem eventos e provas destinadas a este público, o que gera mais engajamento”, finaliza.

Mais de 100 pessoas prestigiaram a inauguração do espaço que contou com a presença de alunos e amigos, embalados pelo som do DJ Marcel Henrique. Além food truck e um treino especial para apresentação do espaço – e da modalidade – ao público.

Em geral, os treinos de Crossfit são separados em três áreas:

• Movimentos funcionais: referente aos movimentos diários, dando função a todo o corpo humano;
• Atividades de alta intensidade: com duração de aproximadamente uma hora, onde os treinos são extremamente puxados, e servem para o desenvolvimento do condicionamento físico;
• Variação constante: referente a rotina de realização de exercícios diferente todos os dias.

  • Entendendo a língua do Crossfit
Wod – Workout of the Day: é o treino do dia. Box – É uma academia somente de CrossFit. Time Cap – é quando há um tempo limite para executar o treino. AMRAP – As Many Rounds As Possible: é o máximo de repetições possível no tempo determinado.

 

SERVIÇO: