Deputado Luciano Ducci é contra a reforma da previdência
Foto: Liderança do PSB

Deputado Luciano Ducci é contra a reforma da previdência

O deputado federal Luciano Ducci (PSB) é contra a Reforma da Previdência proposta pelo Governo Temer. Ele entende que as mudanças ferem os direitos já garantidos pela Constituição Federal, considerados verdadeiros instrumentos de Justiça Social, e que contribuíram para a redistribuição de renda, redução da pobreza e dinamização da economia. “Não podemos aceitar uma proposta que afronta conquistas históricas da população”, pontua.

Para o ex-prefeito de Curitiba, é inaceitável equiparar o direito à aposentadoria entre homens e mulheres, desmontar a aposentadoria rural, de professores e de categorias profissionais de risco, achatar os valores das aposentadorias e a desvincular as pensões e benefícios assistenciais do salário mínimo.

Mesmo sendo pressionado pelo governo Temer, numa política de toma lá dá cá,através de ofertas de cargos públicos em troca de voto,Ducci disse que nada mudará seu voto contra uma reforma previdenciária “que prejudica os trabalhadores”. PSB defende continuidade de denúncia contra Temer no STF.

Representantes do PSB na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara se manifestaram a favor da continuidade da denúncia contra o presidente Michel Temer. A acusação de corrupção passiva contra Temer foi apresentada pela Procuradoria-Geral da República (PGR).

Por 40 votos a 25, o parecer que recomendava a admissibilidade do pedido da PGR foi rejeitado. A vitória foi garantida com uma série de trocas na composição do colegiado, promovida pelo Palácio do Planalto.

Após a rejeição à continuidade da denúncia, a Comissão aprovou por 41 votos a 24 um novo relatório, desta vez, contra o prosseguimento da denúncia. Líderes partidários fizeram acordo para que o novo texto seja votado em plenário no dia 2 de agosto.

Na denúncia, o procurador geral da República Rodrigo Janot pede a condenação e a perda de mandato de Temer. É a primeira vez que um presidente da República é denunciado ao STF no exercício do mandato.