Caputo Neto anuncia construção de nova unidade de saúde na Ceasa
Segundo Caputo Neto, a área de abrangência da Ceasa deve ser tratada como se fosse uma verdadeira cidade.

Caputo Neto anuncia construção de nova unidade de saúde na Ceasa

O secretário estadual da Saúde, Michele Caputo Neto, anunciou na quarta-feira, em Curitiba, a construção de uma nova unidade de saúde para atender a população que trabalha ou mora nos arredores da Ceasa, no bairro Tatuquara. O investimento será de quase R$ 2 milhões em recursos do Governo do Estado. Também foi garantido o repasse de R$ 115 mil para compra de mobiliário e equipamentos.

O anúncio foi feito durante as atividades da campanha “Agosto Azul”, que levou uma série de serviços gratuitos de saúde às instalações da Ceasa, na capital. “Atendendo a uma reivindicação que recebemos da comunidade, vamos investir recursos próprios para que esta obra saia do papel. O objetivo é construir uma estrutura que esteja à altura da demanda da região”, declarou o secretário.

Para Caputo Neto, a área de abrangência da Ceasa deve ser tratada como se fosse uma verdadeira cidade. “Temos que dar uma atenção especial a este lugar. Mais de 15 mil pessoas circulam por aqui todos os dias, um volume superior à população de diversos municípios paranaenses”, ressaltou.

A comunidade da Ceasa já conta com uma unidade de saúde à disposição. Contudo, o prédio é modesto e não tem espaço adequado para suportar a demanda local. Além disso, também não é viável ampliar a atual estrutura devido a dificuldades no projeto.

Segundo a secretária de Saúde de Curitiba, Márcia Cecília Huçulak, a nova unidade ficará dentro da Ceasa, em um terreno cedido pela administração à prefeitura. “Esta parceria com o Governo do Estado tem sido essencial para resgatarmos o sistema de saúde da capital. A liberação desta obra é mais uma prova disso”, relatou.

Desde 2011, o Estado já destinou mais de R$ 525 milhões para fortalecer a retaguarda de atendimento de saúde em Curitiba. Destaque para obras em unidades de saúde, melhorias em hospitais estratégicos, repasse de incentivos de custeio para serviços de referência, compra de ambulâncias, entre outros investimentos.

EXAMES – Dentro das ações do Agosto Azul na Ceasa, foram realizados 1199 procedimentos, entre testes rápidos de HIV, sífilis e hepatites B e C, teste de glicemia, aferição de pressão arterial, vacinação, avaliação de saúde bucal e orientações de saúde. No total, 264 pessoas participaram dos vários serviços gratuitos de saúde realizados na sede do Sindicato dos Permissionários da Ceasa Curitiba – Sindaruc.

A ação foi coordenada pelas equipes de saúde do Distrito Sanitário do Tatuquara, da secretaria municipal de saúde de Curitiba, com profissionais da secretaria estadual,, tendo ainda apoio da Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento, da Ceasa Paraná, e do Sindaruc.