Ação conjunta de combate à dengue retira 20 toneladas de lixo no Boqueirão

Com o apoio de diferentes órgãos, a Regional do Boqueirão fez uma ação conjunta de combate a dengue em uma área crítica da Rua Prof. José Maurício Higgins.

Com o apoio de diferentes órgãos, a Regional do Boqueirão fez uma ação conjunta de combate a dengue em uma área crítica da Rua Prof. José Maurício Higgins.

Com o apoio de diferentes órgãos, a Regional do Boqueirão fez uma ação conjunta em uma área crítica da Rua Prof. José Maurício Higgins. O local apresentava acúmulo de lixo em uma vala pública e em residências particulares. A ação fez parte do Dia Nacional de Combate ao Aedes – mosquito que transmite dengue, Zika e chikungunya. Foram retiradas 20 toneladas de lixo em dois caminhões durante a ação.

“O trabalho engrenado das secretarias foi o que possibilitou essa ação integrada para combater focos do mosquito da dengue e realizar a limpeza em todo o entorno. Sob orientação do prefeito Rafael Greca, estamos intensificando as vistorias em locais de risco, como terrenos baldios e pontos com descarte de lixo”, disse o administrador regional Ricardo Dias.

Ação integrada

Segundo relato de moradores, o local estava com mau cheiro, além de atrair vetores de doenças, como ratos e mosquitos.
Foi feita limpeza e drenagem da vala e caixas de captação, roçada do entorno e conscientização da vizinhança por agentes da Vigilância Sanitária. Três residências também foram limpas com autorização prévia dos moradores.

“Nesse tipo de caso, precisa ter uma abordagem antes. Os moradores precisam aceitar que a Prefeitura faça a ação dentro do seu imóvel”, explicou Maurício Weigert, do Núcleo Regional da Vigilância Sanitária no Boqueirão.

Os moradores em questão trabalham com coleta de material reciclagem e também receberam abordagem social para atualizar o cadastro junto ao Centro de Referência em Assistência Social (Cras).

Ao todo, foram retiradas 20 toneladas de lixo em dois caminhões. A ação contou com 50 funcionários da Prefeitura, provenientes de diferentes órgãos – Vigilância Sanitária, FAS, Limpeza Pública, Defesa Civil, Setran, Departamento de Pontes e Drenagem e Distrito de Manutenção Urbana.
A solicitação para esta ação partiu de Maria Cristina Rezende, moradora do Boqueirão há 20 anos. Ela relata que a situação de acúmulo de lixo começou há dois anos e resulta, muitas vezes, em alagamentos na região. “Até agora tivemos algumas ações paliativas, mas nunca efetivas. Essa situação precisava de algo diferente”, defende. “Dessa vez estou confiante, porque houve retorno e acompanhamento pessoal”, finaliza.

Dia Nacional de Combate ao Aedes

Em todo o país, as ações de combate ao Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, Zika e chikungunya, foram intensificadas no dia 8 de dezembro por conta do Dia Nacional de Combate ao Aedes. O objetivo é conscientizar a população sobre a importância de eliminar os focos do mosquito, principalmente durante o verão, período mais favorável à proliferação deste vetor.