Linha Verde Sul irá receber mais R$ 116 milhões em investimentos

Linha Verde Sul irá receber mais R$ 116 milhões em investimentos

O destaque fica por conta dos novos viadutos que ficarão nas ruas Anne Frank e Tenente Francisco Ferreira de Souza e formarão um trinário com o viaduto da Avenida Marechal Floriano

A Prefeitura e o Governo do Estado vão investir R$ 116 milhões em dois viadutos, uma estação de integração e duas trincheiras na Linha Verde Sul. Serão R$ 89 milhões em recursos do Estado e a diferença em contrapartida do município. Em reunião com o prefeito Rafael Greca, no Palácio Iguaçu, o governador Beto Richa confirmou que o Estado vai liberar os recursos.

“Essa reunião na sala de planejamento do Palácio Iguaçu marca mais um momento da excelente contribuição do governador Beto Richa para o sucesso de Curitiba, que neste ato libera mais R$ 89 milhões para transposições da Linha Verde”, disse o prefeito. “Quero agradecer ao governador Beto Richa pela parceria com a cidade de Curitiba. Essas quatro transposições se somam à sua obra do trecho já concluído da Linha Verde”, disse Greca.

O presidente do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc), Luiz Fernando Jamur, apresentou o projeto das transposições ao prefeito e ao governador. Os novos viadutos ficarão nas ruas Anne Frank e Tenente Francisco Ferreira de Souza e formarão um trinário com o viaduto da Avenida Marechal Floriano, possibilitando a ligação entre as regiões do Boqueirão, Rebouças e a Wenceslau Braz. Também serão feitas duas novas trincheiras próximas da Estação São Pedro da Linha Verde, formando um binário de vias em sentidos opostos e ligando as regiões do Xaxim e Capão Raso.

Segundo o governador, a parceria com o prefeito curitibano tem sido profícua em favor de Curitiba. “O prefeito Rafael Greca tem apresentado excelentes projetos que nos dão a possibilidade de investir na reconstrução da nossa capital”, disse Richa. “Nessa rotina de trabalho com importantes anúncios de obras e investimentos celebramos um grande projeto para a implantação de duas trincheiras e dois viadutos na nossa Linha Verde. São obras para garantir mais fluidez e segurança em regiões importantes da cidade”, completou Richa.

Transporte

O viaduto existente da Avenida Marechal Floriano, com 276 metros de extensão, será a via central do sistema “trinário Marechal” e destinado ao sistema de transporte coletivo, aos pedestres e ciclistas.

Sobre o viaduto, será implantada uma nova estação de transporte, permitindo a integração tarifária entre as linhas que utilizam o eixo da Linha Verde e o eixo Boqueirão. A nova estação no viaduto possibilitará a integração de sete linhas de transporte que transportam em média 220 mil passageiros por dia.

De acordo com o cronograma dos projetos e obras das transposições da Linha Verde, que incluem os viadutos e as trincheiras, o início da implantação deverá ocorrer em 2020. Até lá, deverão ser cumpridas as etapas legais que envolvem a elaboração dos termos de referência, a licitação e a elaboração dos projetos finais de engenharia, a elaboração e aprovação dos termos de referência para a licitação das obras, a homologação dos resultados da licitação e a execução das obras.

Parceria entre o Governo e a Prefeitura já rendeu R$ 260 milhões para obras de infraestrutura

Os repasses de recursos do Governo do Estado para Curitiba no último ano chegam a R$ 260 milhões para a melhoria da infraestrutura urbana.

“Sou muito grato ao Governo do Estado por essa parceria com a capital de todos os paranaenses. Com esses recursos vamos formar uma grande malha metropolitana viária e de transporte”, afirmou o prefeito Rafael Greca,na apresentação dos projetos dos novos viadutos e trincheiras e de uma estação de integração de transporte na Linha Verde.

“O governador entrega a Curitiba uma extraordinária contribuição para o desenvolvimento e a mobilidade e também para o futuro desenho de uma cidade metropolitana”, disse o prefeito. Greca lembrou que o suporte do Governo do Estado já permitiu a reintegração do transporte numa ação conjunta com a Prefeitura e agora reforça o trabalho pelo desenvolvimento da região que integra 40% dos paranaenses.

“Quero que Curitiba seja uma só. Assim, a Grande Curitiba será economicamente mais forte e socialmente mais justa”, reforçou Greca.

Ajuste Fiscal

O governador Beto Richa ressaltou que o recurso disponibilizado para as transposições da Linha Verde são fruto do ajuste fiscal promovido pelo Estado, que permitiu investir em obras de infraestrutura por todo o Paraná. “Cada dia estou mais convicto de que o ajuste fiscal que o prefeito Rafael Greca fez para a recuperação da nossa capital foi muito acertada. O Paraná está de pé também graças a isso, com as finanças organizadas e com a estrutura de governo modernizada.”

Segundo o governador, hoje o Paraná tem o maior investimento da história do Estado. “São 8,4 bilhões de reais que nos permitem fazer essas grandes obras para garantir qualidade de vida da população.”

Sobre editor