Greca entrega mais 14 ônibus para a renovação da frota da cidade

Até o fim do ano 150 ônibus serão substituídos

A meta é deixar a cidade com 450 novos ônibus até 2020. Foto: Lucilia Guimarães/SMCS

A meta é deixar a cidade com 450 novos ônibus até 2020. Foto: Lucilia Guimarães/SMCS

O prefeito Rafael Greca entregou 14 novos ônibus para a cidade. A ação faz parte da renovação da frota do transporte público e até o fim deste ano serão 150 novos veículos substituídos.

Desde dezembro passado já foram entregues à cidade 49 novos ônibus, entre os quais 25 biarticulados para a primeira fase da linha Ligeirão Santa Cândida-Praça do Japão. A meta é deixar a cidade com 450 novos ônibus até 2020.

“Desde 2013 não havia renovação de ônibus no transporte coletivo de Curitiba e ano passado começamos a mudar isso, tirando ônibus velhos de circulação para colocar uma mais moderna e com itens que atendam melhor a população”, disse o prefeito.

Dos 14 novos ônibus entregues, dez são articulados para atender linhas do Interbairros e alimentadoras e outros quatro são para linhas convencionais. Cada ônibus articulado tem capacidade para transportar até 145 passageiros. Os comuns levam 90 pessoas por ônibus.

Os veículos começam a circular nas linhas: Trabalhador (dois articulados), Vila Velha (quatro convencionais), Interbairros IV (cinco articulados) e Fazendinha (três articulados). “No entanto, eles podem mudar de linha de acordo com a necessidade”, disse o presidente da Urbs, Ogeny Pedro Maia Neto.

Câmeras e acessibilidade

Todos os novos ônibus contam câmera de monitoramento, sendo seis equipamentos em cada veículo articulado e cinco dentro dos convencionais. Foto: Lucilia Guimarães/SMCS

Todos os novos ônibus contam câmera de monitoramento, sendo seis equipamentos em cada veículo articulado e cinco dentro dos convencionais. Foto: Lucilia Guimarães/SMCS

Todos os novos ônibus contam câmera de monitoramento, sendo seis equipamentos em cada veículo articulado e cinco dentro dos convencionais. “Desde os novos ligeirões, determinamos que câmeras sejam item de fábrica para a renovação da frota”, disse Maia Neto.

A nova frota tem ainda motor Euro 5, menos poluente, e conta com suspensão pneumática, tecnologia que evita solavancos na frenagem do ônibus. Outra melhoria é a iluminação interna com lâmpadas LED, proporcionando mais claridade que as fluorescentes.

Cada novo ônibus tem duas vagas para cadeirante, uma a mais do que determina a legislação, e outros requisitos de acessibilidade, como sinal sonoro e visual de fechamento das portas e solicitação de parada do cadeirante.

A entrega oficial dos ônibus aconteceu no pátio do Museu Municipal de Arte (MuMa), ao lado do Terminal do Portão. Uma parte da comitiva do C40, Rede de Cidades que desenvolve ações de combate às mudanças climáticas, participou da entrega.

Sobre editor