Aula de cidadania termina com jardinete revitalizado no Alto Boqueirão
Crianças participam da entrega da revitalização do jardinete Izaura Galvão Silva Feijó, na Regional Boqueirão. Fotos: Cesar Brustolin/SMCS

Aula de cidadania termina com jardinete revitalizado no Alto Boqueirão

Melhoria do local foi feita pelos próprios alunos  durante encontro com o Prefeito

Na imagem, antes e depois da revitalização do jardinete.

Na imagem, antes e depois da revitalização do jardinete.

Os estudantes do CMEI Jardim Paranaense, do Alto Boqueirão, tiveram uma verdadeira aula de cidadania em dezembro. As crianças, de 4 e 5 anos, participaram da entrega da revitalização do Jardinete Isaura Galvão Silva Feijó, no mesmo bairro, solicitado por eles mesmos em audiência no Bairros na Prefeitura com o prefeito Rafael Greca, em julho.

A constatação de que o local poderia ser melhorado aconteceu durante uma das aulas de campo do programa Linhas do Conhecimento. “Esse é o objetivo do programa, que os alunos possam expandir seus currículos, transformar os locais por onde passam e onde vivem”, disse a secretária municipal da Educação, Maria Sílvia Bacila.

Além de transformar, eles entendem que devem participar da cidade e ajudar a cuidar dos espaços públicos, destacou a professora Rita Moro Zem, coordenadora do Linhas do Conhecimento da Regional Boqueirão. “É gratificante vê-los ainda tão pequenos reivindicando e zelando pelo seu espaço”, afirmou Rita.

O jardinete Isaura Galvão Silva Feijó teve o parquinho revitalizado, equipamentos recuperados, alambrados e areia da cancha esportiva trocados. Foram feitos, ainda, plantios de árvores e uma pintura de amarelinha para estimular a criatividade das crianças. Na entrega, brinquedos da Secretaria Municipal do Esporte, Lazer e Juventude (Smelj) reforçaram as atrações.

Homenagem

A interação das crianças com o espaço não ficou apenas na revitalização. Eles também puderam aprender um pouco mais sobre a homenageada, graças ao contato que a professora Rita Zem conseguiu com um dos filhos da Isaura Galvão Silva Feijó, o advogado Victor Feijó Filho. “Foi uma grande alegria colaborar e essa entrega da revitalização é uma segunda homenagem à nossa mãe”, disse.

Isaura Galvão Feijó nasceu na Bahia e veio para Curitiba com o marido e dois filhos em 1964, onde teve mais três filhas. Era atuante na comunidade evangélica e chegou a formar-se pastora. Além disso, atuava em causas sociais e escreveu um livro de poesias chamado Colhendo Almas, lançado com apoio do prefeito Rafael Greca e da primeira-dama Margarita Sansone.

As poesias do livro foram também objeto de estudo das crianças do CMEI Jardim Paranaense.