Profissionais da Educação aprendem práticas circenses no Boqueirão

Profissionais da Educação aprendem práticas circenses no Boqueirão

Profissionais da educação aprendem práticas circenses. - Na imagem, Nathaly da Silva Veiber. Foto: Valdecir Galor/SMCS

Profissionais da educação aprendem práticas circenses. – Na imagem, Nathaly da Silva Veiber. Foto: Valdecir Galor/SMCS

Aprender práticas circenses para ensinar aos estudantes a arte do circo, por meio de diferentes jogos. Esse é o objetivo da “Oficina de Palhaço”, organizada pela Gerência de Currículo da Secretaria Municipal da Educação (SME).

Nesta quinta-feira (2/5), cerca de vinte professores da rede municipal de ensino participaram da iniciativa, no Circo da Cidade Zé Priguiça, no bairro Boqueirão.

A oficina, conduzida pelo Palhaço Alípio, foi viabilizada por uma parceria entre a Secretaria Municipal da Educação e a Fundação Cultural de Curitiba (FCC). “É a primeira vez que participo, achei muito legal”, disse a professora Nathaly da Silva Veiber, da Escola Municipal CEI Ano 300 (Bairro Alto).

Este grupo de participantes – que envolveu professores de Educação Física, Arte, Práticas de Movimento e de Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs) – vai desenvolver as práticas vivenciadas na oficina para mais de três mil estudantes e crianças da rede.

A mesma oficina já foi realizada no dia 24 de abril, durante o curso “Ginástica no Ciclo II: Ginástica Rítmica e Atividades Circenses”, para cerca de 110 profissionais da educação.

Segundo a professora Vanessa Marfut de Assis, da equipe de Educação Física da Educação, por meio da parceria, a Fundação Cultural disponibilizou seis apresentações circenses em formato pocket e três oficinas de palhaço. As apresentações foram direcionadas aos estudantes e as oficinas, aos professores.