Parque Náutico retoma as origens e se torna casa do nautimodelismo curitibano

Para quem conhecer ou praticar o nautimodelismo no Parque Náutico é o  local indicado.

Para quem conhecer ou praticar o nautimodelismo no Parque Náutico é o
local indicado.

Esporte tem atraído curiosos e interessados pela prática transformando a cidade em referência no cenário internacional

Aliar a vontade de utilizar a raia do Parque Náutico para treinos a necessidade da Prefeitura de Curitiba resgatar o propósito da criação do parque, as atividades náuticas, foi o ponto de partida para a parceria que tornou o local a casa do nautimodelismo curitibano. A prática se divide hoje em duas categorias, estático e navegável. “Estático é quando serve de enfeite ou para demonstrar em escala como ficará a embarcação à um cliente e navegável são embarcações de menor porte que se deslocam à vela ou motor e são controladas por rádio à distância”, explica Ervino Haupt Junior, velejador e construtor de veleiros da classe RG65.

Dentre as principais classes de barcos à vela, a mais difundida em Curitiba é a RG65 praticada com barcos de 65cm e 1kg de peso aproximadamente e muito material de ponta envolvido, como peças em fibra de carbono. “Os campeonatos são em âmbitos estaduais, nacionais, sul-americanos e mundiais. Todas as categorias são oficialmente registradas no mundo todo com características particulares, e filiadas às entidades superiores de vela embarcada, ou seja, as regras e estilo de competição são idênticas à dos barcos reais, a diferença é que neste caso estamos fora do barco”, detalha.

A presença do Brasil atualmente no cenário mundial é bastante forte. “Tivemos curitibanos campeões mundiais e sul-americanos. Curitiba também produz hoje um dos melhores barcos do mundo e que coleciona títulos aqui, na Europa e Estados Unidos”, destaca.

A modalidade focada em competição não exclui o clima de camaradagem e amizade entre os integrantes. “Estamos sempre trocando idéias e experiências o que torna os participantes grandes amigos. Acabamos formando uma grande e saudável família e quem começa nesse esporte conta com toda a nossa ajuda e dificilmente deixa de praticá-lo. Treinamos juntos, promovemos competições e saímos juntos para competições fora da cidade e do país”, conta o velejador.

No Parque Náutico os treinos normalmente acontece aos sábados no período da tarde. Já as competições variam de um a quatro dias tanto no período da manhã quanto no da tarde. Para saber mais acesse no Facebook a página ITC Internacional Team Curitiba.