Cinco dicas importantes para ensinar empatia aos filhos

Colégio Erasto Gaertner reforça a importância do ensino da empatia desde criança e disponibiliza e-book sobre o assunto gratuitamente.

Colégio Erasto Gaertner reforça a importância do ensino da empatia desde criança e disponibiliza e-book sobre o assunto gratuitamente.

Habilidade de se colocar no lugar do outro forma pessoas melhores, mas também proporciona destaque na vida profissional

O termo empatia está em alta e tem sido considerado uma habilidade social cada vez mais importante, não apenas para a vida pessoal, mas também, para as crianças de hoje se destacarem no futuro.

 Empatia é a capacidade de perceber, sentir, conectar-se com o outro. Entender o que a outra pessoa sente é extremamente importante para o gerenciamento de equipes,  percepção de contexto, colaboração e pensamento criativo. Pontos fundamentais e diferenciais para quem quiser se destacar no mercado de trabalho, por exemplo. Por isso ensinar aos filhos a ter empatia vai além da formação do ser humano.

 Por isso Cátia Coutinho, Coordenadora Pedagógica do Colégio Erasto Gaertner, separou algumas algumas dicas simples, porém eficientes, para ajudar na hora de ensinar lições que desenvolvam a empatia nas crianças.

 1 – Seja o exemplo

As crianças aprendem muito pela observação e pelo exemplo dado por adultos. Inclusive, eles imitam os comportamentos que vêm no dia a dia. Demonstre preocupação com o sentimento dos outros e com as consequências das suas atitudes. Isso não significa, porém, que você terá que ceder sempre às vontades das crianças. A ideia que deve ser passada é que você entende e que se coloca no lugar delas antes de agir.   

 2 – Reconheça quando seus filhos são gentis

O reconhecimento é fator-chave para ajudar as crianças a entenderem quando estão sendo empáticas. Quando elas agirem com bondade, mostre que você percebeu e elogie pela atitude. Este tipo de valorização estimula os pequenos a continuarem no caminho certo.

 3 – Estimule o convívio social

O convívio social é importante porque permite que as crianças entendam que o mundo não gira somente ao seu redor. É essencial que elas conheçam pessoas novas – principalmente que tenham hábitos, ideias e personalidades diferentes.

 4 – Admita seus erros

Qualquer pessoa tem direito a errar, inclusive os pais. Caso você tenha um comportamento inadequado na frente de seus filhos, demonstre arrependimento, peça desculpas para todos os envolvidos e explique o que poderia ter sido feito de diferente.

 5 – Ajude seus filhos a lidarem com sentimentos

Ajudar a criança a lidar com os sentimentos que surgem ao longo da infância é essencial para que ela se torne um adulto mais sensível. Quando essa sensação nova surgir, converse, ofereça colo e carinho e utilize jogos e brincadeiras para ajudá-la a lidar com ela. Sentindo-se protegida e segura, ela aprende a enfrentar seus problemas. 

Se você ainda tem dúvidas sobre o assunto ou gostaria de aprofundar o conhecimento, o Colégio Erasto Gaertner criou o ebook para essa tarefa. O livro digital “Inteligência emocional como ensinar seus filhos a lidarem com as emoções” está disponível gratuitamente no site www.erasto.com.br  

Sobre editor